Related searches

Medindo o impacto na saúde e dieta

Medir o impacto na alimentação e na saúde

O impacto do alimento sobre a saúde sempre foi conhecido. O desafio consiste em avaliá-lo e quantificá-lo.

Hoje, a forma com que a Danone Nutricia realiza medição é nova: conforme vendemos os produtos, os mesmos geram um efeito sobre os hábitos alimentares, e seu efeito final sobre a saúde é modulado por tais hábitos. Esta abordagem é fundamental para contribuir com a realização da missão do Grupo: "Levar saúde por meio da alimentação para o maior número de pessoas".

É por isso que desenvolvemos a metodologia NutriImpact. Ela foi projetada para demonstrar o impacto de nossas categorias e produtos sobre a nutrição e os hábitos alimentares. E também para apoiar o seu impacto na saúde por meio da alimentação. A NutriImpact analisa o que as pessoas comem e, em seguida, modela o impacto das intervenções sobre os hábitos alimentares e a saúde. Isso nos permite definir os perfis nutricionais dos nossos produtos com o melhor impacto e demonstrar a relevância das nossas categorias e linhas para os hábitos saudáveis.

Medida e Impacto dos Hábitos de Ingestão de Bebidas da Criança

Contexto de Saúde Pública:

A água é a maneira mais saudável de se hidratar. Em um estudo realizado com crianças na Polônia em 2006, apenas 12% da ingestão de líquidos era de água pura e mais de 60% das outras bebidas consumidas continham açúcar, ao mesmo tempo em que as taxas de obesidade e excesso de peso estavam subindo entre as crianças polonesas.

Propósito da Danone:

Avaliar o impacto a longo prazo (1 ano) de um programa de educação de 5 semanas com o objetivo de direcionar as crianças polonesas (de 3 a 6 anos) a comportamentos mais saudáveis de ingestão de líquidos.

Principais contatos:

Romain Monrozier, Hidratação e Saúde (Danone Nutricia Research)

Agata PODWOJCIC  (CBU)

Close

NOSSA ABORDAGEM

Nosso programa abrangeu desde a educação até o estudo de intervenção:

  • Um programa educativo abrangente chamado "Mamãe, papai, eu prefiro água" foi direcionado a crianças, pais e professores poloneses.

  • Após 6 edições anuais em 1.340 cidades polonesas, 800.000 crianças em 8.000 instituições de ensino e 800.000 pais foram impactados.
  • Através de um estudo de intervenção, avaliamos se o programa de educação de 5 semanas apresenta impacto de longo prazo (1 ano) sobre os comportamentos de ingestão de líquidos das crianças.
Impacto nos Negócios
  • O projeto serviu para aumentar a credibilidade da marca e estabelecer a Zywiec como líder em hidratação saudável do país.

Impacto na Saúde Pública
  • Cerca de 40% das mães polonesas de crianças entre 3 a 6 anos agora conhecem o programa e a ideia por trás dele. 92% das mães polonesas avaliam o programa como interessante e importante, principalmente devido às mensagens de hidratação saudável.

  • Melhoramos os hábitos de ingestão de líquidos: um estudo de intervenção de 5 semanas mostrou que, após um ano, as crianças foram capazes de trocar bebidas açucaradas por água, e seu consumo de água foi 5 vezes maior. Enquanto isso, eles diminuíram a ingestão de bebidas açucaradas.

Envolvimento dos stakeholders
  • O programa foi cocriado com o Ministério da Saúde, o Instituto da Mãe e da Criança e foi apoiado pelo Ministério da Educação e especialistas externos. Todos os materiais de ensino foram desenvolvidos com professores. O programa, com o objetivo de promover a água como a opção mais saudável, envolveu toda a comunidade em torno das crianças: crianças, pais, profissionais de saúde e professores. O programa foi endossado pelos Ministérios e especialistas locais.

  • Depois do sucesso com as crianças, a equipe polonesa começou um novo programa chamado: “Mamãe, papai, bebam água", com o objetivo de envolver as crianças em educar os pais sobre comportamentos mais saudáveis.